18 de setembro de 2013

Responsabilidades do Auditor

Responsabilidades do Auditor

Nossos serviços são conduzidos de acordo com as normas profissionais e internacionais e éticas relativas à auditoria independente, emitidas pelo Conselho Federal de Contabilidade. Essas normas requerem o cumprimento das exigências éticas e que a auditoria seja planejada e executada com o objetivo de obter segurança razoável sobre as informações examinadas.

Uma auditoria envolve a realização de procedimentos para obtenção de evidência de auditoria a respeito das informações auditadas. Os procedimentos selecionados dependem do julgamento do auditor, incluindo a avaliação dos riscos de distorção relevante, independentemente se causada por fraude ou erro.

Devido às limitações inerentes de auditoria, juntamente com as limitações inerentes de controle interno, há um risco inevitável de que algumas distorções relevantes podem não ser detectadas, mesmo que a auditoria seja adequadamente planejada e executada de acordo com as normas de auditoria.

Em uma avaliação de risco, o auditor considera o controle interno relevante para a elaboração das informações a serem auditadas, para planejar procedimentos de auditoria que são apropriados nas circunstâncias, mas não para fins de expressar opinião sobre a eficácia do Controle Interno da entidade. Entretanto, comunicaremos por escrito quaisquer deficiências significativas no controle interno relevantes que identificarmos durante a auditoria, ou eventuais limitações em nossos trabalhos.